Este espaço foi criado para os professores e alunos selecionarem questões para serem organizadas listas de exercícios por assuntos. Estamos sempre atualizando com questões de vários vestibulares e do ENEM. Todas as questões estão gabaritadas.

(PUC-SP 2015) - QUESTÃO

Uma amostra de 2,00g formada por uma liga metálica contendo os metais cobre e prata foi completamente dissolvida em ácido nítrico concentrado. À solução aquosa resultante foi adicionada solução aquosa de NaCℓ em excesso. O precipitado formado foi filtrado e após seco, obteve-se 1,44 g de sólido.

A partir desse experimento pode-se concluir que o teor de prata na liga metálica é de

Dados: 
CuCℓ2 é um sal solúvel em água, enquanto que AgCℓ é um sal insolúvel em água.

a) 34%.
b) 43%.
c) 54%.
d) 67%.
e) 72%.

(PUC-SP 2015) - QUESTÃO

“Do século XVI ao XIX o comércio de escravos na costa atlântica da África foi negócio entre comerciantes europeus e africanos, ou representantes dos reis africanos, pois na maioria das vezes eram estes os grandes fornecedores de escravos para os navios negreiros. As trocas eram feitas em alguns pontos da costa, seguindo regras estabelecidas principalmente pelas sociedades africanas. Os comerciantes europeus agiam conforme era determinado nos locais de comércio; apesar disso, conseguiam ter alguma influência sobre os chefes locais, que passaram a depender cada vez mais das mercadorias estrangeiras.”
Marina de Mello e Souza. África e Brasil africano. São Paulo: Ática, 2007, p. 60.

A partir do texto, pode-se afirmar que a ação europeia na África
a) estimulou o comércio de escravos, promovendo alterações culturais e econômicas significativas em sociedades africanas.
b) era limitada pelas decisões e pela vontade dos governantes locais, que não aceitavam quaisquer interferências externas.
c) aproveitou-se da tradicional prática africana de vender escravos para outras regiões do mundo, o que gerava lucros bastante altos.
d) resumia-se ao fornecimento de produtos industrializados, evitando estabelecer outros tipos de relação mercantil com governantes africanos.
e) ocorreu dentro de um contexto de ocupação territorial e domínio político, que determinaram a hegemonia europeia no continente.

(PUC-SP 2015) - QUESTÃO

“O apóstolo Paulo era cidadão de Tarso, uma pequena cidade, muito antiga, que era a capital provincial da Cilícia. Mas Paulo era também judeu, membro de uma etnia que se reproduzia por laços familiares e pela aderência a uma religião, cujo templo se encontrava distante, em Jerusalém. Era um judeu da diáspora. Numa viagem para Damasco, Paulo se tornou cristão e, entre os cristãos, apóstolo. Nessa condição, assumiu a identidade de apóstolo dos não judeus e viajou, por terra e por mar, por boa parte do Mediterrâneo oriental. Foi a Chipre, à Panfilia, passou pela Capadócia, pelo centro da Anatólia, e morou em Éfeso, onde foi confrontado pelos artesãos locais, escapando apenas pelo medo geral de uma intervenção do poder romano. Muitas vezes estabeleceu-se com o apoio das comunidades judaicas locais. Morou na cidade de Felipe, visitou a Macedônia e a Acaia e, segundo os Atos, passou por Corinto, capital provincial, onde exerceu outra de suas identidades — a de artesão. Chegou a Atenas e discutiu com os filósofos da cidade. Passou também por Mileto, Rodes, Tiro, Cesareia, Jerusalém e outras cidades. Ao ser perseguido em Jerusalém, refugiou-se em Cesareia, onde foi preso. Fez, então, uso de sua identidade de cidadão romano, que também possuía, e de seu conhecimento da língua grega, para não ser espancado e executado. Para ser julgado, atravessou todo o Mediterrâneo, com uma escala em Malta, após um naufrágio, tendo vivido em Roma com amigos e fiéis. Suas cartas mostram um amplo círculo de relações e de influências em Roma e no Mediterrâneo oriental. O ponto central é: teria sido a carreira de Paulo possível ou verossímil 500 anos antes?”
Norberto Luiz Guarinello. História antiga. São Paulo: Contexto, 2013, p. 157-158. Adaptado

A trajetória do apóstolo Paulo, descrita no texto, revela que
a) o intercâmbio cultural na Antiguidade era regular e sistemático desde a globalização da filosofia grega e da hegemonia dos valores helenísticos no Oriente extremo.
b) os povos da Antiguidade mantinham-se firmemente fechados em suas comunidades, sem que houvesse qualquer tipo de integração ou transformação cultural.
c) a força política do cristianismo na Grécia e em Roma garantia a segurança e a ampla possibilidade de circulação de seus adeptos, empenhados na difusão dessa fé religiosa.
d) a tolerância religiosa existente na Grécia e na Roma antigas permitia contínuas romarias de todos os seus habitantes por todos os territórios de seus impérios.
e) o Império Romano era bastante heterogêneo no seu interior e parte de seus habitantes podia valer-se de suas várias identidades e vínculos pessoais e religiosos

(PUC-SP 2015) - QUESTÃO

“O apóstolo Paulo era cidadão de Tarso, uma pequena cidade, muito antiga, que era a capital provincial da Cilícia. Mas Paulo era também judeu, membro de uma etnia que se reproduzia por laços familiares e pela aderência a uma religião, cujo templo se encontrava distante, em Jerusalém. Era um judeu da diáspora. Numa viagem para Damasco, Paulo se tornou cristão e, entre os cristãos, apóstolo. Nessa condição, assumiu a identidade de apóstolo dos não judeus e viajou, por terra e por mar, por boa parte do Mediterrâneo oriental. Foi a Chipre, à Panfilia, passou pela Capadócia, pelo centro da Anatólia, e morou em Éfeso, onde foi confrontado pelos artesãos locais, escapando apenas pelo medo geral de uma intervenção do poder romano. Muitas vezes estabeleceu-se com o apoio das comunidades judaicas locais. Morou na cidade de Felipe, visitou a Macedônia e a Acaia e, segundo os Atos, passou por Corinto, capital provincial, onde exerceu outra de suas identidades — a de artesão. Chegou a Atenas e discutiu com os filósofos da cidade. Passou também por Mileto, Rodes, Tiro, Cesareia, Jerusalém e outras cidades. Ao ser perseguido em Jerusalém, refugiou-se em Cesareia, onde foi preso. Fez, então, uso de sua identidade de cidadão romano, que também possuía, e de seu conhecimento da língua grega, para não ser espancado e executado. Para ser julgado, atravessou todo o Mediterrâneo, com uma escala em Malta, após um naufrágio, tendo vivido em Roma com amigos e fiéis. Suas cartas mostram um amplo círculo de relações e de influências em Roma e no Mediterrâneo oriental. O ponto central é: teria sido a carreira de Paulo possível ou verossímil 500 anos antes?”
Norberto Luiz Guarinello. História antiga. São Paulo: Contexto, 2013, p. 157-158. Adaptado

A resposta mais adequada à pergunta final do texto é:
a) sim, porque a integração entre Ocidente e Oriente era intensa desde a unificação do Egito, quando se estabeleceram rotas regulares de comércio para as Índias.
b) não, porque só com a conquista e o domínio romanos do Mar Mediterrâneo é que se iniciaram a navegação e o comércio entre o Norte da África e as terras da atual Europa.
c) sim, porque as cidades italianas de Gênova e Veneza controlavam grande parte do comércio no Mar Mediterrâneo e facilitavam o deslocamento de pessoas e mercadorias na região.
d) não, porque apenas a extensão e o funcionamento do Império Romano tornaram possíveis a maior mobilidade e integração entre as comunidades a ele submetidas
e) sim, porque a hegemonia árabe no Norte da África, no Oriente próximo e na Península Ibérica contribuiu decisivamente para a aproximação dos povos que viviam em torno do Mediterrâneo.

(PUC-SP 2015) - QUESTÃO

“Se algum acordo de comércio tinha tudo para dar certo foi aquele firmado entre México, Estados Unidos e Canadá. Sancionado em 1994, o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA) criou o que era, na época, a maior área de livre-comércio do mundo, com 376 milhões de pessoas e um PIB de quase 9 trilhões de dólares.”
(Joseph E. Stiglitz. Globalização: como dar certo. São Paulo: Companhia das Letras, 2007, p. 137)

Tendo em vista essa informação e considerando as questões comerciais da chamada globalização, pode ser dito que

a) esse acordo comercial, mesmo considerando as desigualdades entre México e EUA, foi bem-sucedido e trouxe novas possibilidades à nação mexicana, algo que no contexto da globalização é praticamente o único caso de sucesso.
b) esse pacto abriu o país mais rico do mundo ao México e assim esses países continuaram a sua história compartilhada, agora de forma institucionalizada, mostrando que países pobres se beneficiam com o livre-comércio.
c) na era da globalização ocorrem vários pactos comerciais – regionais ou não, que nem sempre foram (e são) bem-sucedidos, e vários são vistos como contrários à lógica do livre-comércio, já que privilegiam os países-membros dos acordos.
d) acordos comerciais regionais, como o citado, fracassaram em razão da condição desigual dos membros, e por isso só se insiste, no mundo globalizado, em acordos e uniões com membros mais homogêneos, como a União Europeia.
e) tal como o Nafta, o Mercosul é bem-sucedido pelas associação com os EUA formando a ALCA (Área de Livre Comércio das Américas), pois o sucesso está em combinar países de economias de pesos e formas diferentes.

(PUC-SP 2015) - QUESTÃO

São conhecidas várias interações biológicas entre espécies diferentes. Considere os três tipos de relações interespecíficas abaixo:

I. Nas raízes de leguminosas encontram-se nódulos onde se instalam bactérias fixadoras de nitrogênio do ar. Após transformações bioquímicas, compostos nitrogenados são utilizados pelas plantas para sintetizar proteínas. Por sua vez, as bactérias utilizam material orgânico produzido pelas plantas.
II. Tênias adultas vivem no intestino de mamíferos, utilizando alimentos já digeridos por enzimas dos hospedeiros.
III. Num dado ambiente, insetos servem de alimento para anfíbios e esses servem de alimento para répteis.

As relações descritas em I, II e III são, respectivamente,
a) comensalismo, inquilinismo e predação.
b) comensalismo, predação e parasitismo.
c) mutualismo, parasitismo e predação.
d) mutualismo, inquilinismo e predação.
e) inquilinismo, comensalismo e parasitismo.

(PUC-SP 2015) - QUESTÃO

No lóco referente ao sistema sanguíneo ABO, há três formas, A B normalmente representadas por IA, IB e i. Da combinação dessas formas há seis genótipos possíveis na população humana. Com relação a esse sistema sanguíneo foram feitas cinco afirmações. Assinale a única INCORRETA.

a) Trata-se de um caso de alelos múltiplos e cada pessoa normal só poderá apresentar, no máximo, duas dessas formas.
b) Pessoas que apresentam simultaneamente as formas I e I têm aglutinogênios ou antígenos A e B em suas hemácias.
c) Uma mulher do grupo A heterozigota poderá ter com um homem do grupo B também heterozigoto filhos dos grupos A,B, AB e O.
d) Pessoas com genótipo ii poderão receber, sem problemas de aglutinação, hemácias de pessoas pertencentes aos grupos A e B
e) Um casal que pertence ao grupo AB não poderá ter filhos do grupo O.

(PUC-SP 2015) - QUESTÃO

Suponha que se queira manter animais aquáticos herbívoros em um aquário. Para garantir a sobrevivência desses animais durante certo tempo, seria aconselhável adicionar ao ambiente

a) plantas aquáticas e algas que, além de servirem de alimento para os animais, forneceriam oxigênio ao meio, caso esse fosse iluminado.
b) plantas aquáticas e algas que, além de servirem de alimento para os animais, forneceriam oxigênio ao meio, mesmo que esse não fosse iluminado.
c) fungos e bactérias que, além de servirem de alimento para os animais, forneceriam gás carbônico ao meio, caso esse fosse iluminado.
d) fungos e bactérias que, além de servirem de alimento para os animais, forneceriam gás carbônico ao meio, mesmo que esse não fosse iluminado.
e) zooplâncton que, além de servir de alimento para os animais, forneceria oxigênio ao meio, caso esse fosse iluminado.

(PUC-SP 2015) - QUESTÃO

Um estudante analisou três animais que apresentam patas articuladas, exoesqueleto quitinoso e corpo metamerizado. Estes animais poderiam ser

a) uma abelha, um escorpião e um camarão, todos pertencentes ao grupo dos artrópodes.
b) um pepino-do-mar, um ouriço-do-mar e uma lagosta, todos pertencentes ao grupo dos e) quinodermos.
c) uma joaninha, uma ostra e uma estrela-do-mar; o primeiro pertencente ao grupo dos artrópodes e os outros dois ao grupo dos equinodermos.
d) um mexilhão, um camarão e uma lula, todos pertencentes ao grupo dos moluscos.
e) uma sanguessuga, um piolho de cobra e uma minhoca, todos pertencentes ao grupo dos anelídeos.

(Unesp 2017) - QUESTÃO

A Revolta dos Malês, ocorrida em 1835 na Bahia, contou com ampla participação popular e defendeu, entre outras propostas,

a) a rejeição ao catolicismo e a construção de uma ordem islâmica.
b) a manutenção da escravidão de africanos e a ampliação da escravização de indígenas.
c) o retorno de D. Pedro I e o restabelecimento da monarquia absolutista.
d) a ampliação das relações diplomáticas e comerciais com os países africanos.
e) o reconhecimento dos direitos e deveres de todo cidadão brasileiro.

(ESPM Sul - 2016) - QUESTÃO

Ao fenômeno urbano-ambiental que aquece artificialmente centros urbanos por meio da ação antrópica como desmatamento, edificações, emissão de gases estufa e impermeabilização do solo, chamamos: 

a) Canyon de frio. 
b) Ilha de Calor. 
c) Destruição da camada de ozônio. 
d) Chuva ácida. 
e) Inversão térmica.

(ESPM Sul - 2016) - QUESTÃO

No Brasil, uma das principais fontes de inovação tecnológica são os tecnopolos que inovam e produzem desenvolvimento tecnológico e agregam conhecimento técnico à indústria nacional. Um exemplo de tecnopolo é: 

a) O ABC paulista, berço da indústria automobilística latinoamericana. 
b) O Quadrilátero Ferrífero, em Minas Gerais, atrelado à indústria da mineração. 
c) Pampas Gaúcho, extremo sul do país e vinculado à indústria alimentícia e biotecnologia. 
d) Blumenau, em Santa Catarina, conhecida como Vale do Software. 
e) Polo Petroquímico de Camaçari, em Pernambuco, centro de inovação na produção petrolífera.

(ESPM Sul - 2016) - QUESTÃO

São os dois principais portos brasileiros exportadores de grãos: 

a) Rio Grande e Tubarão. 
b) Santos e Paranaguá. 
c) Itaqui e Paranaguá. 
d) São Sebastião e Rio Grande. 
e) Vitória e Santos.

(ESPM Sul - 2016) - QUESTÃO

Nenhum período da história britânica foi tão conturbado, política e socialmente, e tão tenso como a década de 1830 e começos da de 1840, quando tanto a classe trabalhadora como a classe média exigiam aquilo que consideravam mudanças fundamentais. A partir de 1837 atuou um gigantesco movimento em prol da Carta do Povo.
(Eric J. Hobsbawm. Da Revolução Industrial Inglesa ao Imperialismo)

O Cartismo foi um movimento social inglês que enviou ao Parlamento da Inglaterra a Carta do Povo, em 1838, exigindo: 

a) o livre-cambismo; 
b) o sufrágio universal masculino secreto; 
c) o direito à propriedade privada; 
d) a proibição do trabalho feminino; 
e) o fim da remuneração dos parlamentares.

(ESPM Sul - 2016) - QUESTÃO

Atendendo aos interesses comerciais ingleses, foram baixados os Atos de Navegação. Para combater a rival Holanda, grande potência do comércio naval europeu, e fortalecer o comércio exterior inglês, os Atos decretaram que as mercadorias inglesas somente poderiam entrar em portos ingleses em navios ingleses ou em navios de seus países de origem. 
(Paulo Miceli. As Revoluções Burguesas)

Os Atos de Navegação foram adotados na Inglaterra: 
a) no governo do rei Henrique VIII; 
b) no governo da rainha Elizabeth I; 
c) no governo do rei Carlos I; 
d) sob o governo republicano de Cromwell; 
e) após a restauração da Dinastia Stuart.

(ESPM Sul - 2016) - QUESTÃO

Uma urna contém 4 bolinhas numeradas de 1 a 4. Duas delas são retiradas uma após a outra, sem reposição. O primeiro número sorteado será o numerador de uma fração; e o segundo, o denominador dessa fração. A probabilidade de que essa fração represente um número inteiro é:

a) 1/4
b) 1/5
c) 2/3
d) 3/4
e) 1/3

(ESPM Sul - 2016) - QUESTÃO

Considerando-se que log2 = 0,301 e log3 = 0,477, podemos concluir que o valor de log5 é: 

a) 0,699 
b) 0, 829 
c) 0,778 
d) 0,144 
e) 0,523

(ESPM Sul - 2016) - QUESTÃO

André, Breno e Cláudio possuem, juntos, 84 figurinhas. Se André der 9 das suas figurinhas para Cláudio, cada um ficará com a metade da quantidade de figurinhas de Breno. Podemos afirmar que a quantidade de figurinhas que André possui é:

a) 26
b) 21
c) 32
d) 30
e) 40

(ESPM Sul - 2016) - QUESTÃO

Considere a função f(x) = x² – k , onde k ∈ ℝ. Se fof(1) = –1, o maior valor possível para k é igual a: 

a) 0 
b) 3 
c) 1 
d) 4 
e) 2

(ESPM Sul - 2016) - QUESTÃO

Um reservatório de água com capacidade para 1 800 litros está completamente cheio e será esvaziado por uma torneira situada no seu fundo. A função V(x) = 75 · (x² – 10x + k) representa o volume de água restante no reservatório após x horas de esvaziamento. Podemos afirmar que ele ficará completamente vazio para x igual a: 

a) 7 
b) 5 
c) 4 
d) 8 
e) 3